São Gonçalo, Nós

Por Maykon Marins.​

São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, cidade com a segunda maior população do estado, mais de um milhão. Temos cinco distritos, 91 bairros. São números expressivos, isso é São Gonçalo.

Nascemos em um desses bairros, crescemos, estudamos, trabalhamos, casamos… muitas vezes cada ação em um bairro diferente. Inúmeras são as atividades praticadas por nós em solo gonçalense, das mais memoráveis ao simples agir diário.

Vamos ali ao lado visitar Araribóbia, atravessamos o mar para junto do Cristo Redentor, mas logo estamos de volta à terra dos tamoios, não só para dormir, mas também para somar mais dias em nossas vidas. Somamos alegrias, tristezas e superações. Guardamos em nossa memória momentos inesquecíveis que vivemos aqui.

Momentos de aprendizado, como por exemplo, andar, falar, aprender a ler e escrever. Quantas coisas feitas por aqui.

Permita-me uma correção, isso sim é São Gonçalo. Você é São Gonçalo. Nós somos São Gonçalo!

O município é formado por cada um dos mais de um milhão que aqui vivem. É importante pensarmos assim. 

Passamos dias, meses, anos, o tempo voa e esquecemos de pensar na relação íntima que temos com a nossa terra. 

Não podemos esquecê-la, despreza-lá, não podemos entrega-lá aos “chefes” que atravessaram a Presidente Costa e Silva para causar pavor e insegurança. É precisa preservar a nossa história.

Pensem em São Gonçalo.

***

Maykon Marins é estudante de Letras pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Dedicado à crítica literária, concilia os estudos com a atuação como membro do conselho do União Gonçalense, grupo no qual exerce a presidência.

Começando os trabalhos

                               ***

Sejam bem-vindos amigos! Seja bem-vindo você: curioso ou confrade, a quem talvez chamemos de tamoio, de unido gonçalense ou simplesmente “unidos”.

Vamos partilhar aqui, da visão que temos pra nossa cidade amada de São Gonçalo, mas também, uma aspiração que temos pra nós mesmos, pra que sejamos agentes, ainda que pequeninos, de transformação na nossa própria personalida e quiçá, da nação.

Venha somar conosco neste esteio de Cultura, Consciência & Serviço.

Viva a Cana!

 

 

 

 

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑